Blog

Exames Nacionais: Sim ou Não?

Começa esta semana um novo ano lectivo e, como já é habitual, surge a discussão sobre a necessidade ou não de haver exames nacionais. 

 

Na minha opinião, os exames nacionais são necessários, sim! 

 

Em primeiro lugar, porque são a única forma de colocar todos os alunos em pé de igualdade e tornar mais justo e equilibrado, nomeadamente, o acesso ao ensino superior. 

 

Em segundo lugar,porque exigem dos alunos um grau de preparação superior quer em termos cognitivos, através do conhecimento leccionados, quer em termos psicológicos, pelo facto de ajudar a aprender a lidar com a pressão e a ansiedade que este tipo de prova exige. 

 

A realidade pós-ensino obrigatório exige e vai exigir cada vez mais aos jovens uma capacidade extraordinária de permanente mutação e adaptação a um mundo em constante mudança e evolução. Assim o facilitismo não é, de certo, o melhor caminho. 

 

Os jovens têm que estar preparados para uma avaliação constante e permanente porque, hoje, o mercado de trabalho, bem como a vida pessoal, assim o exige.

 

Os exames nacionais devem ser vistos por um lado como um instrumento de avaliação mas sobretudo como uma preparação para estes desafios!

 

Posto isto, na minha opinião, não só os exames de 11º ano e 12º ano são importantes, como forma de acesso ao ensino superior, como também os de 4º, 6º e 9º ano (tendo sido abolidos pelo governo de António Costa os exames de 4º e 6º ano) , como forma de preparação para os primeiramente referidos, tendo em conta o seu impacto no percurso escolar dos alunos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *