Blog

Eleições à vista, Candidaturas e Despedida

Eleições à vista

Aproximam-se as eleições legislativas. Com data marcada para Outubro, é tempo dos Partidos apresentarem as suas ideias, programas e candidatos. Com o calendário que dispomos, sobretudo pela sobreposição das eleições Europeias de Maio, resta pouco tempo para debate. E o país precisa desse debate. Vão a votos duas visões diferentes de sociedade. E é fundamental o PPD/PSD expressar bem as diferenças e afirmar as suas políticas. A Política carece de propostas credíveis, mas sobretudo de acções pela positiva. O recente cenário macroeconómico apresentado por Rui Rio, bem como o conjunto de propostas fiscais são já um primeiro passo para vincar as diferenças relativamente ao Governo PS/Bloco/PCP.

O que, aliás, já teve efeitos… António Costa que dizia não tencionar baixar impostos na próxima legislatura, dizendo que iria dar prioridade ao reforço do investimento público e reforço dos serviços públicos, recuou em toda a linha, dizendo agora que já irá baixar os impostos!!!!

Falta só o PSD, aproveitar o recuo e desancar na incoerência!!!!

Mas não sabemos por anda o PSD, no trabalho de OPOSIÇÃO …

Candidaturas

Se as ideias contam muito, as pessoas que protagonizam e representam os Partidos em cada Distrito também contam. Sabemos que, na escolha para Assembleia da República, existe a tentação de votar em prol do candidato a Primeiro-Ministro. Porém, cada Distrito escolhe os seus representantes. É, também por isso, importante escolher bem as pessoas de cada círculo eleitoral.

No caso do Distrito de Castelo Branco, o PPD/PSD passou por um processo eleitoral interno. Após a minha saída, bem como dos meus colegas de Comissão Política, decorreu uma campanha, com dois candidatos e que terminou no sábado passado. No meio desta campanha eleitoral, o Líder do Partido escolheu a cabeça-de-lista a Castelo Branco. Foi num dos lotes apresentados.  Lamentavelmente tomámos conhecimento da escolha através da comunicação social o que demonstra falta de consideração e também desprezo pelas estruturas do partido. Também não se compreende a pressa !!! Dado que não foram ainda todos os cabeças-de-lista apresentados teria sido útil ouvir o novel presidente da Distrital e esperar pelo sábado data da sua eleição!

Mas esta pressa revela porventura insegurança quanto ao acerto da escolha, pois acreditamos que o distrito teria preferido outra indicação, já que nenhuma concelhia ou estrutura político partidária distrital terá indicado a ora candidata. A respetiva escolha terá sido baseada exclusivamente em critérios de proximidade, quiçá “amiguismo “da  liderança!

É  fundamental renovar e trazer  novas pessoas para a primeira linha do combate político, no entanto, é preciso respeitar o Partido e as escolhas locais. Um bom exemplo disso mesmo é o caso da Márcia Caldeira Nunes, um excelente quadro da JSD de Castelo Branco e que foi indicada por algumas Concelhias. Como já tinha sido disso exemplo o Hugo Lopes, como candidato às Europeias. Precisamos de gente nova, gente com vontade de fazer, que respeite e honre o PSD, que venha somar, que venha unir o Partido em cada Distrito.

Despedida

Como já referi anteriormente, deixei, desde sábado, de ser o Presidente da Distrital do PSD de Castelo Branco. Foi um cargo que desempenhei com muita honra, o melhor que sabia, como sempre o fiz nos diferentes cargos que ocupei. Acredito que estar na Política é servir. É procurar encontrar respostas e ajudar as pessoas. Foi isso que sempre fiz. Só posso agradecer a todos os que votaram nas nossas propostas. E a todos os que me acompanharam neste trajecto. Procurámos sempre dar voz ao Distrito de Castelo Branco. Lutámos pelo Interior. Sempre, em condições difíceis. Mas nunca deixámos de apresentar propostas seja em Congressos Nacionais, seja na Assembleia da República, sobretudo no que ao Estatuto dos Territórios de Baixa Densidade diz respeito. O meu obrigado a todos. Mas termino com o futuro. O que interessa é o futuro. E o futuro é dos jovens e dos que querem fazer acontecer. Uma palavra ao novo Presidente da Distrital Luís Santos e a toda a sua equipa. Estou certo de que irão representar Castelo Branco de forma condigna e de que serão agentes da mudança que este Distrito necessita.

BEM HAJAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *