Notícias

Márcia Nunes é a indicação da JSD às legislativas

Nome aprovado por unanimidade e aclamação

No VI Conselho Distrital da JSD, que decorreu na Sertã, a 18 de maio, e há semelhança do que sucedeu há quatro anos, o Presidente da Distrital da JSD antecipou aos conselheiros que não pretendia integrar a lista de candidatos a deputados à Assembleia da República. Além de compromissos académicos e profissionais, Hugo Lopes apresenta outras duas razões: “em primeiro lugar, porque fui candidato às eleições europeias e não é ético apresentar-me a sufrágio para outra instituição quatro meses volvidos. Recuso tornar-me naquilo que sempre critiquei. Em segundo, porque, tal como fizemos nas últimas legislativas, esta é mais uma oportunidade para a JSD demonstrar que não é uma organização unipessoal e que se foca apenas no líder. Existem outras pessoas que podem representar e defender os jovens da região tão bem ou melhor que eu”.

Com efeito, a JSD Distrital Castelo Branco discutiu a sua estratégia, vertida em quatro eixos fundamentais, e deliberou, após apreciar e sufragar as propostas dos presentes, indicar a Vice-Presidente da Comissão Política Distrital, Márcia Caldeira Nunes, para representar a Juventude Social Democrata na lista do PSD às próximas eleições legislativas, pelo círculo eleitoral de Castelo Branco. Natural da Sertã, reside em Castelo Branco e trabalha em Vila Velha de Ródão. Jovem conhecedora do distrito, das suas gentes e dos seus anseios, tem-se dedicado com empenho a todas as causas em que se envolve. A JSD reconhece o seu elevado valor e acredita que representará os jovens com um subido compromisso.

Márcia Nunes é licenciada em Ciências da Comunicação pela UAlg e frequenta o Mestrado em Gestão de Empresas na ESGIN-IPCB. Foi dirigente da Associação Académica da UAlg e representou os seus pares no Senado da mesma instituição. É membro da Assembleia Municipal da Sertã desde 2013 e da Assembleia Intermunicipal do Médio Tejo desde 2017. Foi Presidente da JSD Sertã, que reativou em 2013, e está na estrutura Distrital há seis anos. Aos 28 anos, cumpre segundo mandato consecutivo como Vice-Presidente da JSD Distrital de Castelo Branco, ao lado de Hugo Lopes, tendo sido igualmente Secretária-Geral Adjunta (2014-2016) e Vogal Suplente (2018-presente) da JSD Nacional.

Também por unanimidade foi aprovado o nome de Mário Pereira para Coordenador Político da Campanha da JSD, com a responsabilidade de elaborar as propostas, a mensagem política e o programa eleitoral que a JSD Distrital apresentará para negociação com os órgãos do partido. A JSD apresenta-se a este desafio com a preocupação de impor as suas ideias, medidas e soluções para os jovens da região. Por fim, a Direção de Campanha estará a cargo de Nelson Carvalho e Miguel Barroso, que organizarão a agenda da candidata, as matérias administrativas, logísticas e financeiras, bem como a comunicação e a mobilização em proximidade com os jovens da região.

Após discussão da matéria no órgão máximo entre congressos, esta que é a maior organização política de juventude da Beira Baixa decidiu que: 1) não aceitará integrar a lista de deputados caso a Comissão Política Nacional do PSD venha a impor candidatos de fora da região; e 2) no caso de imposições top-down de nomes que militem na região, a JSD não se oporá, porém, somente se “resultar também da legitimidade e vontade última de quem toma as decisões do partido no distrito enquanto não se introduzir a reforma que pretendemos – com o voto preferencial, primárias abertas para a escolha de candidatos ou a introdução círculos uninominais -, que são os seus militantes, em sede de Assembleia Distrital do PSD e Conselho Distrital da JSD”.

 

24 de junho de 2019,

A Comissão Política Distrital da JSD de Castelo Branco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *